Fux denuncia: “Liberação de presos pode gerar crise sem precedentes na segurança pública”

O surto de coronavírus, como se sabe, está sendo usada por vários juízes para soltar presos em todo o país

O ministro Luiz Fux tem se posicionado contra a liberação em massa de criminosos. Ele disse em entrevista à Folha:

“Os juízes criminais devem ter em mente que o Conselho Nacional de Justiça ‘recomendou’ e não ‘determinou’ a liberação dos presos em regime semiaberto, sob pena de a dose dos remédios recomendados matar a sociedade doente e gerar uma crise sem precedentes na segurança pública nacional.”

Relacionados:  MST fará jornadas de ocupação de terras de empresas falidas após pandemia