Bolsonaro envia Força Aérea para buscar brasileiros isolados no Peru

Força Aérea

Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram de Belém e do Rio de Janeiro para buscar brasileiros que estão em Cuzco, no Peru, e desejam voltar ao país em meio a pandemia de Coronavírus. Em nota conjunta, o Ministério da Justiça e da Defesa informaram que os resgatados estão isolados no Peru.

A previsão é que as aeronaves cheguem ao Brasil na noite de quinta-feira (26). O levantamento de brasileiros na região foi realizado pela embaixada, e de acordo com o governo, se referem a cidadãos que não puderam retornar por outro meio, destaca o site Correio Braziliense.

Além destes voos, aviões comerciais sairão de Lima e de Cuzco. Para retornar nesses aviões, os brasileiros precisam fazer contato com a Embaixada do Brasil em Lima. A operação de retirada foi uma determinação do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Relacionados:  Senador dispara: "Não tem perigo de o Congresso aprovar o aborto no Brasil"

As aeronaves decolaram de Belém e do Rio de Janeiro. Em mensagem no Twitter, Bolsonaro informou: