Bolsonaro diz que fará o possível “para que seja restabelecida a normalidade na Venezuela”

Bolsonaro Maduro

Em encontro com empresários e investidores nesta segunda-feira, em Miami, Jair Bolsonaro falou sobre a situação política na Venezuela do ditador Nicolás Maduro.

“É importante que nós façamos todo o possível para que seja restabelecida a normalidade na Venezuela, o que não é fácil, tendo vista o grau de degradação moral e política naquele país”, afirmou Bolsonaro, que também discutiu o assunto com Donald Trump.

“Devemos também lutar para que outros países na nossa América do Sul não experimentem o que estão experimentando, lamentavelmente, nossos irmãos venezuelanos.”, afirmou

Bolsonaro também garantiu que as Forças Armadas brasileiras “não foram cooptadas pelas políticas partidárias, como foram as da Venezuela”.

Relacionados:  Bolsonaro promete zerar impostos sobre combustíveis se governadores fizerem o mesmo

O Presidente também esclareceu que sempre, sua trajetória política, combateu a esquerda e que não se pode “dar trégua ou oportunidade para eles”. “Caso contrário, eles voltam, como voltaram em um importante país ao sul da nossa querida América do Sul”, afirmou, referindo-se à Argentina.