Gleisi é hostilizada por populares em Hotel do Rio

Gleisi

A deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), presidente do Partido dos Trabalhadores, foi hostilizada por hóspedes quando fazia o checkout do hotel onde se hospedou no Rio de Janeiro durante o feriado do Carnaval. .

Gleisi estava com amigos – inclusive a sua filha, de 14 anos, e o ex-senador Lindbergh Farias, um de seus anfitriões na cidade – e foi xingada por populares, conforme vídeo recebido por fonte da Coluna neste domingo. Ela bateu boca com populares – e em um momento, quase foi atingida por uma garrafa de água.

Relacionados:  PT responsabiliza Bolsonaro por crise no Ceará

Gleisi culpa ‘milícias bolsonaristas’.

Procurada pela Coluna, a assessoria da presidência do PT soltou nota de repúdio sobre o episódio, e explicou que ela fazia agenda pessoal na capital fluminense. “É o tipo de atitude fascista, característica dessa gente covarde”, diz Gleisi Hoffmann na nota divulgada.