Bolsonaro cria programa para assessorar micro e pequenas empresas

Guedes Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou um decreto que cria o programa Brasil Mais, com o objetivo de aumentar a eficiência das empresas dos setores da indústria, comércio e serviços e ampliar a produtividade e a competitividade do país.

O programa de apoio à micro e pequenas empresas será coordenado pela Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia e gerido pela ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) e executado pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Micro e Pequenas Empresas), assinala o site Poder 360.

O Ministério da Economia quer atender 200 mil micro, pequenos e médios empreendimentos da indústria, comércio e serviços até dezembro de 2022 para elevar a qualidade e competitividade deste segmento empresarial.

“Diante da evidência de estagnação da produtividade brasileira nos últimos 30 anos, o governo federal buscou experiências internacionais e iniciativas de impacto para enfrentar o problema de maneira rápida e eficaz“, afirmou o Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, em nota à imprensa.

Relacionados:  Bolsonaro será o presidente do 'Aliança pelo Brasil'

Segundo o presidente do Sebrae, Carlos Melles, o programa “será a porta de entrada para disseminar melhorias gerenciais e inovações tecnológicas de modo a aumentar a participação dos pequenos negócios no PIB, de 27% para 40% na próxima década“.

“O programa estimulará o aumento dos investimentos necessários à tão desejada retomada do desenvolvimento econômico e social do país, viabilizando a geração de mais e melhores empregos para os brasileiros”, disse o presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson Braga de Andrade.