Eletrobras pode ser privatizada ainda no primeiro semestre, diz presidente da Estatal

O Presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, reforçou na tarde desta quarta-feira, 29, que segue trabalhando com o objetivo de realizar a operação que retirará a elétrica do controle da União ainda em 2020, informa o site InfoMoney.

Ferreira Junior afirmou ainda que a expectativa é de que o Projeto de Lei que trata da privatização da estal possa ser aprovado no Congresso Nacional ainda no primeiro semestre deste ano, de modo que seria possível realizar a capitalização, com a consequente diluição da participação do Estado, no segundo semestre.

Ele destacou que, embora a Eletrobras tenha melhorado a competitividade, a companhia ainda não é referência no tema, apesar de seu tamanho e representatividade. “Precisamos melhorar mais, existem evoluções, temos um plano, que no momento de privatização vai ser compartilhado”, disse, citando possibilidades adicionais relacionadas a automação e comercialização de energia.

Relacionados:  Gestão Bolsonaro: Lucro líquido das empresas estatais em 9 meses é o maior da história