Maduro afirma que irá “arrebentar os dentes” do Brasil e Colômbia em caso de agressão militar

Venezuela's President Nicolas Maduro speaks during a press conference with international media correspondents, at the Miraflores presidential palace in Caracas, on December 12, 2018. (Photo by Federico Parra / AFP)

Nicolás Maduro, mandatário da Venezuela, afirmou que conhece “os planos imperialistas” da Colômbia e do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e que o sua nação está pronta para revidar qualquer agressão militar dos dois vizinhos.

“Aumentamos a capacidade de defesa do país, sei o que digo, conheço os planos imperiais, conheço detalhadamente os planos da oligarquia colombiana e [do presidente brasileiro] Jair Bolsonaro”, disse Maduro em seu discurso anual à Assembleia Nacional Constituinte, o parlamento controlado pelo chavismo, nesta terça-feira (14).

“Se [Colômbia e Brasil] se atreverem [a uma agressão militar], vamos arrebentar seus dentes, para que aprendam a respeitar a Força Armada Nacional Bolivariana e o povo de Bolívar”, afirmou enfaticamente.

Durante o discurso transmitido por rádio e televisão, Maduro falou sobre as sanções americanas: “o império tentou atar nossos pés e mãos, mas não conseguiu”, declarou. “O governo bolivariano está aqui para proteger o povo. Tenho plena consciência de que esse povo que protegemos e defendemos, nos protege e nos defende. A participação popular não é um elemento decorativo. É o meio para alcançar o fim superior”, disse Maduro.

Relacionados:  Janaína manda recado sobre a Venezuela: "Esse era o plano do petismo para nós!"

Fonte: Gazeta do Povo