CGU cassa aposentadoria do presidente da Petrobras durante governos do PT

A Controladoria-Geral da União cassou a aposentadoria que o ex-presidente da Petrobras durante governos petistas, José Sérgio Gabrielli, recebia como professor da Universidade Federal da Bahia, assinala o G1.

Na decisão, a CGU informa que Gabrielli foi alvo de um processo administrativo disciplinar, aberto em 2015, e penalizado com base na lei que trata do regime jurídico dos servidores públicos federais.

Ele foi enquadrado por improbidade administrativa, lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio nacional.

O presidente da Petrobras durante a era PT, Gabrielli era alvo de um processo administrativo na CGU aberto após uma auditoria do órgão apontar prejuízo de US$ 659,4 milhões na compra, pela Petrobras, da refinaria de Pasadena, nos EUA, em 2006. Na época, Gabrielli era o presidente da estatal.

Relacionados:  Presidente da OAB tem contrato de R$ 2,5 milhões com a Petrobras