Aliança Pelo Brasil já pode receber assinaturas

Com o objetivo de formalizar a criação do novo partido do presidente Jair Bolsonaro, o “Aliança pelo Brasil”, a equipe que cuida da criação desistiu de coletar, por meio digital, as quase 492 mil assinaturas necessárias, diz o Portal R7.

Nesta quarta-feira (18), o Aliança pelo Brasil iniciou a convocação de seus apoiadores a se desfiliar do PSL, para na sexta-feira (20) ir aos cartórios de notas para assinar a lista e reconhecer firma.

A Justiça Eleitoral exige que, para disputar o pleito, a legenda precisa estar aprovada e registrada junto ao TSE seis meses antes do dia da eleição, por isso a equipe do Partido espera conseguir as assinaturas o quanto antes.

Relacionados:  “Temos um presidente que defende a ditadura e a tortura!”, afirma ministro do STF

Com o slogan “Liberte-se”, uma campanha foi lançada para que filiados ao PSL, que apoiam Jair Bolsonaro, e se desvinculem do ex-partido do presidente, que ficará sob o controle do Deputado Luciano Bivar. No site da Aliança pelo Brasil, é possível saber como proceder.