“Gilmar Mendes também deve estar debaixo da lei”, diz Deltan

Segundo o portal O Antagonista, Deltan Dallagnol explicou, na entrevista à Jovem Pan, por que decidiu processar Gilmar Mendes por danos morais.

Disse que as ofensas do ministro — que chamou os procuradores de “cretinos”, “gângsters”, “membros de organização criminosa”, “crápulas”, “covardes” — não são críticas a atos, mas xingamentos, que abusam da liberdade de expressão.

“Nós entramos com essa ação para mostrar que o nosso papel é buscar que todas as pessoas ajam debaixo da lei, inclusive ministros. Ele também deve estar debaixo da lei da magistratura, nenhuma pessoa pode estar acima da lei”, disse.

Relacionados:  Lava Jato Rio manda recado para Gilmar Mendes