Conservadores conquistam vitória arrasadora nas eleições do Reino Unido

Uma eleição parlamentar triunfante para os conservadores, catastrófica para os trabalhistas e afirmativa total sobre o Brexit. A vitória do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, nas eleições gerais do país foi confirmada na manhã desta sexta-feira, (13/12), no momento em que seu partido assegurou 326 dos 650 assentos no Parlamento, assinala o Jornal Correio Braziliense.

A Direita obteve números impressionantes no Reino Unido, Boris Johnson, obteve o melhor resultado desde a vitória de Margaret Thatcher, em 1987, já o partido de Esquerda ‘Labour Party’ sofreu a maior derrota desde 1935, que inclusive deve derrubar Jeremy Corbyn da liderança da legenda.

Brexit

“Parece que o tema do Brexit dominou a eleição. Isto se deve, em grande parte, ao cansaço com o Brexit. As pessoas querem acabar com isto”, admitiu o número dois do Partido Trabalhista, John McDonnell, em entrevista à emissora Sky News. Enquanto Johnson defende que o divórcio siga adiante, Jeremy Corbyn, líder dos trabalhistas, propõe estreitar os laços comerciais entre Reino Unido e União Europeia. Nesse sentido, especialistas creem que a votação de ontem se transformou em uma espécie de referendo sobre o Brexit. O premiê votou no fim da manhã em Westminster e posou para fotos com o seu cão, Dilyn. Corbyn votou por volta do meio-dia em Islington, no norte de Londres, e conversou com eleitores.

Relacionados:  Bolsonaro parabeniza Boris Johnson por vitória dos conservadores no Reino Unido