Ditador Kim Jong Un recebe ‘moção de Louvor e Reconhecimento’ na Câmara de Vereadores do Rio

O vereador Leonel Brizola (PSOL) apresentou um texto à mesa da Câmara Municipal do Rio de Janeiro prestando homenagem à ditadura comunista da Coreia do Norte, e ao seu líder supremo, Kim Jong Un.

“Por todo esforço de seu povo e de seu Máximo Dirigente, Excelentíssimo Senhor Kim Jong-un, na luta pela reunificação da Coreia e a necessária busca da paz mundial”, diz a Moção de Louvor e Reconhecimento, datada do dia 29 de novembro, relata o Jornal O Globo.

Uma homenagem semelhante foi feita também a Kim Chol-hok, embaixador norte-coreano em Brasília.

As moções foram entregues ao embaixador durante reunião entre o vereador psolista e parte do corpo diplomático da Ditadura Norte Coreana.

A homenagem foi registrada também no dia 10 de dezembro em despacho na KCNA, a agência estatal oficial de notícias da Coreia do Norte, considerada a voz do regime comunista. A nota da agência estatal diz que “o Líder Supremo, Kim Jong Un, recebeu o certificado ‘Moção de Louvor e Reconhecimento’ da Assembleia da Cidade do Rio de Janeiro”, reiterando que a homenagem é “concedido a pessoas que prestaram serviços distintos no Brasil”.

Relacionados:  Adélio diz que se sair da prisão vai “cumprir missão de matar Bolsonaro”