Bivar decide expulsar deputada bolsonarista Bia Kicis do PSL

No racha interno que vive PSL, um novo capítulo veio à tona. O Presidente da legenda, Luciano Bivar, decidiu expulsar a deputada federal Bia Kicis, aliada de Jair Bolsonaro, assinala a Folha de São Paulo.

A crise interna do PSL dividiu o partido em duas alas, uma ‘pró-Bolsonaro’ e outra ‘pró-Bivar’, que vem há alguns meses lutando pelo controle do partido na Câmara.

Na notificação, a que o jornal paulistano teve acesso, Luciano Bivar, diz que Kicis incorreu em “grave infração ética”.

“É notório que a deputada em questão vem realizando campanha em favor do partido em formação denominado ‘Aliança [pelo Brasil]’ e para tanto desacreditando a agremiação à qual pertence atualmente”, argumentou Bivar.

Relacionados:  Presidente do PSL diz que Bolsonaro “já está afastado do partido”

O presidente do PSL diz ainda que a conduta de Kicis, “pública e reiterada, implica em ofensa inadmissível à imagem do partido”.