Em 9 meses, Brasil apresenta queda de 22% nas mortes violentas

Imagem ilustrativa

Os resultados obtidos pelo Ministro Sergio Moro a frente da Segurança Pública impressionam. Pela primeira vez em muito tempo o Brasil parece caminhar para um combate mais frontal à criminalidade. Os dados divulgados desde o início da Gestão Bolsonaro são comemorados pela equipe de governo e se apresenta como uma decisão correta a indicação de Moro para comandar esta área.

Segundo dados do Monitor da Violência, compilados pelo portal G1, o Brasil registrou uma queda de 22% no número de mortes violentas nos nove primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Em setembro, houve 3,3 mil assassinatos no país, ante 4,1 mil em 2018. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, foram 30.864 mortes violentas, 8.663 a menos do que no período entre janeiro e setembro de 2018 (39.527).

Relacionados:  Projeto de Moro diminui 53% dos homicídios nas 5 cidades em que foi implementado

Através das Redes Sociais, Moro comemorou o resultado, mas garantiu que trabalhará para melhorar ainda mais estes números.: “Isso nos anima a prosseguir ainda mais. Os números remanescentes ainda são muito altos, infelizmente. Precisamos de mais eficiência da investigação e de maior rigor e certeza da punição para coibir a criminalidade, entre outras medidas.”