“Chegaremos ao responsável”, diz Mourão sobre manchas de óleo no Nordeste

O Vice-presidente da República, General Mourão, disse a emissora Globonews que o Brasil agora conta com ajuda da Interpol para investigar o caso.

O Brasil chegou a acionar a OEA solicitando informações da Venezuela sobre o petróleo que está poluindo o Nordeste brasileiro.

À Globonews Mourão afirmou:

“Nós temos um trabalho de paciência, de cruzamento de dados. Mas nós vamos chegar lá, nós vamos chegar ao responsável.”

Questionado se o governo Jair Bolsonaro demorou para reagir ao problema, Mourão foi enfático ao negar tal possibilidade:

Relacionados:  General Mourão faz grave alerta: 'Constituição é clara' ao proibir reeleição de Maia e Alcolumbre

“De uma hora para outra, essas placas de óleo pesado, que se deslocam por baixo d’água, começaram a chegar nas nossas praias […] Então, quando começou a ter um número maior de incidentes, se acendeu efetivamente a luz vermelha, e a partir daí foi acionado o Plano Nacional de Contingência.”

“Ele foi acionado a partir do momento em que nós verificamos que era um incidente que transcendia um mero estado e muito pelo contrário, ele começou a abranger várias praias do litoral nordestino. Então, a partir desse momento, de acordo com o plano, o Ministério do Meio Ambiente é a autoridade nacional, e por ser incidente de mar, a coordenação passa para a Marinha.”