Bolsonaro: “Estranhamos o silêncio da ONU e ONGs” sobre vazamento de óleo no Nordeste

Jair Bolsonaro, em tom de ironia, disse “estranhar” o silêncio da ONU e de ONGs em relação às manchas de óleo encontradas em praias do Nordeste. Isso principal ente após indícios de que a origem dos detritos seja venezuelana.

“Desde 02/setembro nosso governo busca identificar os responsáveis pelo derramamento de óleo nas praias do Nordeste”, afirmou o presidente da República.

“Estranhamos o silêncio da ONU e ONGs, sempre tão vigilantes com o meio ambiente.”, completou.