Petrobras diz que óleo que afeta o Nordeste é venezuelano

Segundo o portal G1, Um relatório da Petrobras identificou que as manchas negras que atingiram o litoral do nordeste são uma mistura de óleos venezuelanos. Já são 138 o número de áreas do litoral nordestino com resíduos dessa substância.

O óleo denso e pegajoso atingiu o litoral da Bahia, nas praias do Forte e Baixio, e Porto de Sauipe. Em Alagoas, o óleo atinge 15 regiões. Em Coruripe e Piaçabuçu devido à grave situação os pescadores nem ao mar estão indo com medo dos danos causados pela poluição.

O óleo também ameaça a vida marinha. No Rio Grande do Norte, mais uma tartaruga foi encontrada coberta de óleo e acabou morrendo no final da tarde. Equipes do governo já recolheram 133 toneladas de óleo desde setembro no Nordeste.

Relacionados:  Mesmo com venezuelanos sofrendo de inanição, Maduro envia 'ajuda humanitária' a Cuba

O Presidente Bolsonaro se pronunciou sobre o assunto:

“Eu não posso acusar um país, vai que não é aquele país. Não quero criar problemas com outros países. É reservado. É um volume que não tem sido constante, né? Se fosse um navio que tivesse afundado, estaria saindo ainda óleo. Parece que, não é mais fácil, que parece que criminosamente algo foi despejado lá”.