“Chefes de Estado de outros países cooptaram Raoni”, diz Bolsonaro

Bolsonaro afirmou que o cacique Raoni Metuktire não representa todos os indígenas do Brasil. Através de uma live em sua página no facebook, Bolsonaro falou que líderes estrangeiros teriam cooptado o indígena.

“Alguns países, chefes de Estado, pegaram o Raoni, cooptaram o Raoni. Na minha ida a Osaka, o senhor Macron queria que, juntamente com o Raoni, nós falássemos sobre a Amazônia. Eu falei: ‘Olha, respeito o Raoni, é um cidadão, mas o presidente sou eu, tem que conversar é comigo’. Aí começou o senhor Macron a ficar preocupado conosco.”, afirmou o presidente.

Ao lado de Bolsonaro estava a indígena Ysani Kalapalo que concordou com as afirmações do Presidente da República.

Relacionados:  Com Bolsonaro, Brasil deixa de ser coadjuvante e se torna protagonista em Davos

“Cada tribo tem seu próprio cacique, sua própria liderança, somos 305 etnias diferentes, 274 línguas. Você acha que Raoni faz representar 305 etnias que existem no Brasil? É claro que não. Eu respeito ele, mas as ideologias dele não me representam.”, argumentou.