Grupo de advogados se organiza para derrubar itens do pacote anticrime de Moro

Através de um grupo no aplicativo de mensagens WhatsApp, advogados se organizaram para derrubar dois itens propostos pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, em seu pacote anticrime.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo afirma que “depois de ouvirem a argumentação do criminalista Fabio Tofic, presidente do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD) e associado do Prerrogativas, deputados que integram o grupo de trabalho da Câmara sobre legislação penal decidiu retirar do projeto de Moro a prisão após condenação em segunda instância e o chamado “plea bargain”, que criava a possibilidade de acordos entre acusação e réus.

“Eles nos ajudam a construir posições”, disse o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), integrante do grupo de trabalho sobre o pacote na Câmara.