Juiz Marcelo Bretas autoriza que R$ 8 milhões recuperados pela Java Jato sejam transferidos aos cofres públicos do Rio

Segundo o site O Antagonista, Marcelo Bretas autorizou que R$ 8.429.000 confiscados pela Lava Jato sejam transferidos aos cofres públicos do município do Rio de Janeiro.

O dinheiro, relata Fausto Macedo, teria sido recuperado em investigações sobre desvios do BRT Transbrasil e Transcarioca, obras de transporte da capital fluminense.

Os desvios foram alvo da Operação Mãos à Obra –braço da Rio 40 Graus, por sua vez um desdobramento da Lava Jato–, que resultou em denúncia contra Alexandre Pinto, secretário de Obras da gestão de Eduardo Paes na prefeitura.

A Procuradoria do Rio de Janeiro havia alegado ao juiz federal que o Rio está passando por dificuldades financeiras e que os valores pleiteados “foram subtraídos de seus cofres”.