Brasil tem queda de 22% no número de homicídios do primeiro semestre da gestão Bolsonaro

Sergio Moro e Policiais

A segurança pública sob o comando do Ministro Sergio Moro tem dado sinais evidentes de avanço no combate à criminalidade.

O país registra uma queda de 22% nas mortes violentas no primeiro semestre deste ano em comparação ao ano passado. A região Nordeste é a que tem a maior diminuição. É o que mostra o Monitor da Violência, índice nacional de homicídios do G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Em seis meses, houve 21.289 assassinatos, contra 27.371 no mesmo período do ano passado. São 6 mil a menos.

A tendência de queda nos homicídios foi antecipada pelo portal da Globo no balanço dos dois primeiros meses do ano, que apresentaram redução de 25% em relação ao mesmo período do ano passado, e no balanço das mortes violentas de 2018, que teve a maior queda dos últimos 11 anos da série histórica do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com 13%.

Relacionados:  Oposição quer suspender campanha sobre o Pacote Anticrime de Moro

Os números mostram que houve 6.082 mortes a menos nos primeiros seis meses de 2019; todos os estados apresentaram redução de assassinatos no período; três estados tiveram quedas superiores a 30%: Sergipe, Rio Grande do Norte e Ceará; o Ceará, aliás, respondeu sozinho por 1/5 da queda nas mortes no Brasil; e a queda no Nordeste foi a maior entre as regiões do país: 27%.