Partido de Marina vai ao STF para tentar impedir MP de Bolsonaro que corta “boquinha milionária” de jornais

Conforme informado pelo República de Curitiba, Bolsonaro usou de uma canetada para combater o desmatamento e além disso cortar um gasto de quase R$ 1 milhão pago pelas empresas aos jornais.

Acontece que, por mais irônico que pareça, foi justamente o partido Rede Sustentabilidade, de Marina Silva, que acionou a MP no STF.

Senador pelo Rede, Randolfe Rodrigues afirmou ao Congresso em Foco que “existem notórios desvios de finalidade na edição da MP, que não compreende os requisitos de urgência e prioridade, além de versar sobre assunto já debatido em legislação aprovada no Congresso Nacional”.

E continuou: “Ao afirmar que o ato é uma retaliação à imprensa, atendendo a sentimento pessoal de mesquinhez e revanchismo, tal discurso torna-se parte integrante da motivação do ato, sendo possível o questionamento da constitucionalidade e legalidade de tal manifestação / motivação”.

Com informação do Congresso em Foco e dO Antagonista.

10 Comentários em Partido de Marina vai ao STF para tentar impedir MP de Bolsonaro que corta “boquinha milionária” de jornais

  1. O dinheiro público deve ser investido nas prioridades. Jamais dado para bancar empresas privadas. Que sobrevivam por seus méritos e seus serviços prestados num mercado livre.

  2. OS POLITICO SOU ACOSTUMADOS COM PT A COMER DEMAIS DINHEIRO PUBLICO PARA SE FAZER VIDA BOA E COM PODERES – COM PT GASTO E RUBO LEGALIZADO TAMBÉM, E NUNCA SANCIONADO DA SEUS JUÍZES PROMOVIDOS!!!
    VAMOS VER SE NAS VOTAÇÕES O POVO LEMBRA ……….

  3. Marina tá fora da realidade, idealista e sem noção alguma, deveria tomar tento que o Brasil que nos queremos, não é o Brasil que ela tem em mente. Não acorda nunca essa Marina.

Deixe uma resposta