Raquel Dodge desmente fake news e diz que Deltan não pode ser afastado da Lava Jato

A Procuradoria-Geral da República, sob o comando de Raquel Dodge, soltou uma nota desmentindo boatos sobre a pressão para afastar Deltan Dallagnol da Lava Jato.

A nota deixa claro que, Deltan só poderá sair da força-tarefa se ele quiser – e ele não quer.

“A Procuradora-Geral da República Raquel Dodge não sofreu qualquer pressão de qualquer tipo para determinar a medida de afastamento referida na matéria, de quem quer que seja, e tampouco convocou, ou realizou reunião de emergência para discutir o assunto na quinta-feira dia 1º ou em qualquer data anterior ou posterior.

Mais do que isso, esclarece que o princípio constitucional da inamovibilidade é garantia pessoal do Procurador Deltan Dallagnol, estabelecida no artigo 128-I-b, de não ser afastado dos processos da Lava Jato, dos quais é o promotor natural, na condição de titular do ofício onde tramitam todos os processos deste caso, e junto do qual atuam os demais membros da Força Tarefa Lava Jato, designados pela Procuradora-Geral da República Raquel Dodge.

Em suma, a Procuradora-Geral da República não convocou, nem fez reunião na quinta-feira, nem em qualquer outra data anterior ou posterior, com o propósito de afastar o Procurador Deltan Dallagnol de seu ofício ou da Lava Jato”

4 Comentários em Raquel Dodge desmente fake news e diz que Deltan não pode ser afastado da Lava Jato

  1. No Brasil, os heróis viram bandidos… e os bandidos pretender ser heróis… inversão completa de valores!
    Deltan Dellagnol, digno Promotor, atacado pelo IntercePT, site que está claramente à serviço dos que querem que a impunidade reine absoluta…. e de quebra, que soltem o lulampião!

  2. O Promotor Deltan Dellagnol merece total apoio e respeito do povo Brasileiro.
    Força! Avante Lava Jato! Continue o serviço honroso que os senhores fizeram e precisam avançar.
    Como o Juiz Bretas disse: “o erro da Lava Jato foi não ter chegado no judiciário”.
    Por que será que alguns estão tão apreensivos?

Deixe uma resposta