STF gastou R$ 2,4 milhões com voos em menos de 3 anos

O Tribunal de Contas da União, TCU, apura o gasto de passagens do STF e aponta que a farra das viagens deve acabar.

De setembro de 2016 até maio de 2019, em menos de 3 anos, foram gastos R$ 2.396.324,63 em viagens de ministros, servidores e “colaboradores”.

Esse gasto acaba sendo bancado pelos brasileiros que suam trabalhando.

Com informação dO Antagonista.

5 Comentários em STF gastou R$ 2,4 milhões com voos em menos de 3 anos

  1. Tem que acabar com isso. Estes bando de urubus de Preto, pasiando de avião e curtindo hotéis de luxo as custas de nós brasileiros. Para eles realizar estas viagens tinha que justificam o que iam fazerem em pró do país. É não à palestras idiota.

  2. Será que esses senhores conseguem enxergar a mazela que grande parte da população enfrenta? Famílias sem trabalho, sem esperança! Ah, a saúde caótica. Ontem sobrevivi a um dia no João Paulo II, aqui em Porto Velho. Um ambiente insalubre, caos generalizados para os que ali buscam um atendimento, muitos sem direito a uma maca, revesardo cadeiras ou em pé. Mas apesar dessa situação difícil para o ser humano vi tb profissionais compromissados que atuam nas situações mais extremas. Que sobrevivem e vivenciam a falta de condições idéias e também de meios adequados para atuarem.

    Gostaria que a reforma tb chegasse a esses senhores?
    Cd o ministério público para fiscalizar esses gastos?

  3. Parece um bando de padres , mas infelizmente , não se comportam como tais. Para que as viajens se os processos são remetidos conclusos ao STF. Foram à Disney fazer concorrência ao Mickey e Pluto? Gostaria de saber o destino de cada um e o motivo…

    • Assim como sempre decidem sobre suas vantagens, fazendo-as vigor retroativamente, assim devem repor as indevidas despesas com suas indignissimas esposas. Já não basta a estes urubus togadas o seu cardápio de nível do guia Michelin? Pulhas, ordinários, aproveitadores!

  4. Esse STF pensa que o Brasil nada em uma piscina de ouro líquido. Difícil passar uma semana sem uma notícia de esbanjamentos do STF. Se está sobrando dinheiro lá, está faltando cá.A REPÚBLICA TEM TRÊS PODERES, MAS O BOLSO QUE PAGA É UM SÓ, O DO POVO. O governo precisa rever os orçamentos do STF. O STF assim como SENADO e CÂMARA, Precisam fazer seus orçamentos e submetê-los ao Executivo, que dirá “SIM” ou “NÃO”. Afinal, é o executivo que cuida da arrecadação do suado dinheiro popular.

Deixe uma resposta