Manuela d’Ávila irá depor na Polícia Federal sobre caso dos hackers

A defesa de Manuela d’Ávila informa que a comunista estará de volta ao Brasil em até 15 dias, e então deverá comparecer à sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos.

Segundo informou Alberto Toron, seu advogado, ela viajou para Edimburgo no dia 23 de junho, para realizar um curso, mas está à disposição das autoridades para “prestar todos os esclarecimentos que dela forem solicitados”.

Manuela já confirmou ter sido responsável por passar o contato de Glenn Greenwald para o hacker, mas negou ter envolvimentos financeiros com a causa.

Fica uma questão muito bem elaborada por Alexandre Garcia sobre o caso: Que hacker é esse que consegue o telefone de Moro, de Dallagnol, de Jair Bolsonaro, de Manuela d’Ávila mas não consegue o telefone de Glenn Greenwald?

Com informação do Terra.