PT diz que “tomará as medidas judiciais cabíveis contra os agentes” da Polícia Federal

Os petistas não gostaram de saber que Walter Delgatti Neto era “simpatizante do PT”, como assim revelou em depoimento seu comparsa e também preso pela Polícia Federal, Gustavo Henrique Elias Santos.

Em nota assinada por Gleisi Hoffmann, Humberto Costa e Paulo Pimenta, os petistas ameaçam processar agentes da Polícia Federal.

“O PT sempre foi alvo desse tipo de farsa, como ocorreu na véspera da eleição presidencial de 1989, quando a polícia vestiu camisetas do partido nos sequestradores do empresário Abílio Diniz antes de apresentá-los à imprensa. O PT tomará as medidas judiciais cabíveis contra os agentes e os responsáveis por mais esta farsa. Quem deve explicações ao país e à Justiça é Sergio Moro, não quem denuncia seus crimes”.

Relacionados:  Em sua estréia, filme sobre a Lava Jato bateu recorde de bilheteria

E atacam, novamente, Sergio Moro: “Acuado, o ex-juiz repete seus conhecidos métodos: prisões espetaculares e vazamentos direcionados contra seus adversários. É criminosa a tentativa de envolver o PT num caso em que é Moro que tem de se explicar”.

Relacionados:  Defensora dos "Direitos Humanos", Maria do Rosário celebra condenação de Gentili por ter feito piada

Já era de se esperar esse papelão todo, não é?