URGENTE: Hacker revela que contatou Greenwald através de Manuela D’Avila

A GloboNews revela através da leitura do depoimento Walter Delgatti Neto, o principal acusado de hackear Sergio Moro e outras autoridades, um dado interessante e ao mesmo tempo curioso. Segundo o Hacker, quem fez a intermediação entre ele e Glenn foi a ex-deputado comunista Manuela D’Avila.

Delgatti, que utiliza o codinome Vermelho, disse ter entrado em contato com Manuela D’Ávila (PCdoB) para obter o telefone de Glenn Greenwald.

Sim, a comunista ‘patricinha’ candidata a vice de Fernando Haddad – o poste de Lula na eleição presidencial passada fez a conexão entre o bando criminoso de hackers e o militante de extrema-esquerda Glenn Greenwald.

Leia, abaixo, o trecho do depoimento de Delgatti que trata do assunto:

“QUE na manhã do Dia das Mães de 2019, ligou diretamente para MANOELA D’ÁVILA afirmando que possuía o acervo de conversas do MPF contendo irregularidades; QUE ligou para MANOELA D’ÁVILA diretamente da sua conta do TELEGRAM e disse que precisava do contato do jornalista GLENN GREENWALD; QUE a princípio MANOELA D’ÁVILA não estava acreditando no DECLARANTE, motivo pelo qual fez o envio para ela de uma gravação de áudio entre os procuradores da República ORLANDO e JANUÁRIO PALUDO; QUE no mesmo domingo do Dia das Mães, cerca de 10 minutos após ter enviado o áudio, recebeu uma mensagem no TELEGRAM do jornalista GLENN GREENWALD, que afirmou ter interesse no material, que possuiria interesse público; QUE começou a repassar para GLENN GREENWALD os conteúdos das contas de TELEGRAM que havia obtido.”