Moro retira o status de refugiado concedido por Lula a três terroristas paraguaios

Jair Bolsonaro usou o Twitter para comentar que o governo segue trabalhando a todo o vapor.

O Ministro Moro retirou o status de refugiado, concedido pelo governo Lula (2003), para três terroristas do Exercito do Povo Paraguaio (EPP). Voltarão para seu país e pagarão pelo seus crimes, a exemplo de Cesare Battisti, preso na Itália”, disse o presidente.

E continuou: “O Brasil não mais será refúgio de canalhas travestidos de presos políticos!”.