Tabata Amaral usou fundo eleitoral para pagar R$ 23 mil ao namorado

Durante a campanha de 2018, a deputada federal, que até votar com o governo era a  queridinha da esquerda, usou o fundo eleitoral para pagar R$ 23 mil ao namorado.

“Renovação na política não passa por trocar o nome das coisas nem o rostinho no poder, mas por uma mudança de práticas”, disse Tabata em certo momento, mas ao que parece, ela caiu na própria armadilha.

Relacionados:  Janaína sugere: "Acabem com o fundo partidário, acabem com o fundo eleitoral"

O pagamento foi realizado por “serviço de análises estratégicas para a campanha eleitoral” e está registrado no site do TSE. No entanto, o local e o horário de trabalho do registro do pagamento não estão marcados no comitê eleitoral de Tabata e sim no co-working em que Martínez, o namorado, trabalha.

Relacionados:  Juiz Federal bloqueia dinheiro dos fundos partidário e eleitoral e determina seu uso imediato contra coronavírus

Com informação da Veja.