Governo Bolsonaro convoca deficientes para trabalharem na Caixa e esquerda surta

Michelle Bolsonaro, a primeira-dama, esteve presente em uma cerimônia de admissão de funcionários da Caixa.

A cerimonia oficializou a entrada de 174 pessoas com deficiência para o quadro de funcionários do banco. Ao todo a ideia é contratar 2.500, número que deve ser atingido nas próximas fases.

Participei hoje de cerimônia da Caixa Econômica Federal para recepção dos novos funcionários com deficiência contratados pelo banco. O grande desafio para a inclusão está na mudança dos olhares, na aceitação do próximo como um profissional e não como um deficiente. Parabéns à Caixa por ser o banco da inclusão”, afirmou a primeira-dama.

Com informação da Folha.

9 Comentários em Governo Bolsonaro convoca deficientes para trabalharem na Caixa e esquerda surta

  1. Parabéns, sou deficiente e tinha me inscrito no concurso do Banco em Brasilia após ler o edital desisti, são tantas as exigências e ainda teria que passar por exame médico, a pegunta é, porque então apresentar os laudos médicos de cardiopata, de cego de um olho e mal enxergando do outro e meio surdo (inicio) mas não tem cura. Em resumo, eles não querem deficientes no Banco ao que se percebe é tudo um engodo.

  2. O DEFICIENTE pode ser EFICIENTE, Depende de como ele é tratado. Se o tratarem como Deficiente, ele será deficiente eternamente. Se o tratarem como um profissional, ele será EFICIENTE num tempo record.

Deixe uma resposta para Péricles Novelli Filho Cancelar resposta