Na CCJ do Senado, Renan elogia e sai em defesa de Glenn Greenwald

Glenn Greenwald, presenta na CCJ do Senado, recebeu um tratamento brando e caloroso do senador Renan Calheiros, que desde o começo pediu que o advogado americano tivesse mais tempo de resposta para que pudesse ficar totalmente “confortável” na Casa.

“Em primeiríssimo lugar eu gostaria sinceramente de cumprimentá-lo, pelo trabalho de fôlego, de determinação de foco, iniciado no portal de notícias independente The Intercept”, iniciou Renan Calheiros. E após a rasgação de seda, Renan afirmou: “Eu mesmo fui vítima, durante muito tempo, da perseguição desse grupo perverso de procuradores do Ministério Público Federal”.

“Tanto que entrei com uma representação contra o procurador Deltan Dallagnol, que foi aceita e hoje está nas mãos do corregedor do Conselho nacional do Ministério Público, com base no que ele [Deltan] postou em seu tweet”, continuou Renan.

Ou seja, Renan e Glenn, aliados dos petistas, obviamente estariam do mesmo lado contra Sergio Moro, Deltan Dallagnol e a Lava Jato.