Hacker afirma que Jean Wyllys usava chip do Ceará para tratar de venda de mandato

Neste domingo, o perfil “O Pavão Misterioso” voltou a marcar presença no Twitter. Em poucas horas, diversos prints atribuídos pelo hacker a personalidades de esquerda como Jean Wyllys, Marcelo Freixo, Glenn Greenwald, David Miranda e Paulo Pimenta tomaram a internet.

Em alguns prints, ocorre uma suposta conversa entre Leandro Demori, editor-executivo do The Intercept, e Marcelo Freixo, deputado federal pelo PSOL.

Relacionados:  'Após volta da democracia, Bolsonaro será preso', diz presidente nacional do PSOL

Segundo os prints, as supostas conversas seriam para tratar de uma possível venda de mandato de Jean Wyllys para David Miranda. Nelas é possível perceber que, se verdadeiras, tanto Jean quanto os outros citados estão bastante atentos às movimentações contrárias aos seus planos.

Relacionados:  Quando os políticos do PT e PSOL pedirão desculpas por acobertarem Cesare Battisti?