“Retiram do contexto três ou quatro mensagens e preenchem páginas e páginas com conjecturas e insinuações”

O site O Antagonista fez uma análise bastante apurada do caso envolvendo as mensagens roubadas dos membros da Lava Jato e divulgadas pelo The Intercept e pelos outros canais de mídia que aceitaram dar carta branca ao advogado americano.

“O método é o mesmo das matérias do Intercept: retiram do contexto três ou quatro mensagens trocadas por Telegram – com o único propósito de agilizar o fim da Lava Jato – e preenchem páginas e páginas com conjecturas e insinuações”, diz o site.

É preciso deixar bastante claro que em nenhum momento as mensagens foram comprovadas e tais conjecturas e insinuações, dependem exclusivamente do ponto de vista do autor das matérias, ou seja, totalmente enviesado.

Com informação dO Antagonista.