Advogadas entram na Justiça para pedir que ministro da Educação desbloqueie professora esquerdista do Twitter

Por mais absurda que seja, a notícia é verdadeira.

Um grupo de 111 advogadas protocolou um mandato de segurança contra o ministro Abraham Weintraub.

O objetivo da ação é fazer com que Weintraub desbloqueie a professora esquerdista Débora Diniz no Twitter.

Abraham já disse que não quer “gente chata e de esquerda” acompanhando suas postagens.

Com informação da Época.

14 Comentários em Advogadas entram na Justiça para pedir que ministro da Educação desbloqueie professora esquerdista do Twitter

  1. É só que faltava… Essas vampiras não podem mais acabar com o futuro dos filhos alheios, e querem sangue de alguém para se sentirem vingadas!
    Fique firme Ministro que todas as mães e pais do Brasil estão com o Senhor – AO MENOS TODOS AQUELES QUE AMAM SEUS FILHOS!!!

    • Absurdo estes comunistas tem quer ser shipados
      Só deste jeito teremos PAZ E DEMOCRACIA
      ESTA ERA LULA FHC DILMA E TODOS OS CORRUPTOS PREGUIÇOSOS ,SEMPRE ATRAS DE DINHEIRO FÁCIL SÃO COMUNISTAS.
      SPHIP.NELES E EM TODOS OS PRESIDIARIOS
      ELIELZA CUNHA PEREIRA PINTO REIS
      OAB/8024-PA

  2. Há, Há, Há, devem ser advogadozinhos de fundo de quintal, afinal, as redes sociais são privativas de cada cidadão que se inscreve, então, ele aceita quem ele quiser e bloqueia da mesma forma. Pode comparar a uma residencia, na minha, entra quem eu deixar e se eu não deixar, só com mandato judicial, fora disso, expulso qualquer um, até o Presidente da Republica.

    • Era só oque faltava? Ninguém inteligente 🤓 é obrigado, a ter seguidores que não deseja. Estes esquerdistas são mesmo uma piada. Estes advogazinhos, devem ser de porta de cadeia. Vagabundos, não tem oque fazer seus vermes nojentos? Vão catar coquinho. Vocês são mesmo uma piada. Rsrsrs…

  3. Algum advogado por aqui. Uns três sites esquerdistas já me baniram, o ultimo agora um tal de 247. kkkkkk quero mover um processo contra eles.

Deixe uma resposta