Lava Jato, firme e forte, prende empresário acusado de pagar propinas ao PT

Em resposta rápida aos movimentos de ontem, que demonstraram apoio à Operação, a Lava Jato efetuou uma prisão nesta segunda-feira pela manhã.

Dessa vez foi o empresário Guilherme Esteves de Jesus.

Guilherme já foi investigado pelo MPF por lavagem de dinheiro de propinas. O esquema envolvia o Estaleiro Jurong, e o dinheiro desviado era destinado a Pedro Barusco, Renato Duque e ao PT.

Com informação dO Antagonista.