Greenwald sobre erros nas mensagens atribuídas a Lava Jato: “Erro de edição”

Glenn Greenwald resolveu se justificar após a descoberta de erros gritantes em sua última matéria contra a Lava Jato.

“Foi um erro de edição apanhado pela checagem de fatos antes da publicação”, disse o jornalista americano ao justificar a troca do nome do procurador Ângelo Goulart Villela.

Ou seja, cai por terra a pouca credibilidade que o tema tinha após passar semanas sem apresentar uma prova concreta e ainda realizar edições nos diálogos.

Com informação dO Antagonista.