Palocci entrega Dilma e o apoio do MDB comprado com propina da JBS

Antonio Palocci percebeu que a única maneira de se safar, ou de diminuir sua pena, é entregando seus antigos companheiros de crime.

A revelação mais recente foi a de que a JBS pagou R$ 30 milhões em propina para comprar o apoio do MDB na eleição de 2014.

O pedido e o valor foram feitos por Guido Mantega e visava evitar que o partido apoiasse Aécio Neves naquele ano.

Relacionados:  Escola do Rio de Janeiro vem a público pedir desculpas por ter chamado impeachment de Dilma de "golpe"

Com informação dO Antagonista.