Crítico da Lava Jato, presidente do STJ não crê que mensagens atribuídas a Moro anulem casos da Operação

Nem mesmo os críticos da Lava Jato acreditam no peso das mensagens atribuídas aos membros da operação – que além de não comprovadas, foram obtidas de modo criminoso.

Um desses críticos, João Otávio Noronha, presidente do STJ, comentou, em entrevista ao blog de Josias de Souza, que as mensagens atribuídas a Moro e Dallagnol resultem em uma anulação das sentenças da Lava Jato. “Acho muito difícil”, diz ele.

“Sem uma perícia cabal, não acredito que se possa dar valor”, continuou.

Relacionados:  Estrategistas, Moro e Guedes têm plano genial para impedir mudança do COAF

“Na dúvida, não pode se considerar provados fatos que não estão devidamente certificados.”

Com informação de Josias de Souza do UOL.