Foragido da Lava Jato quer processar Moro por ter sido chamado de “lavador de dinheiro profissional”

Moro

Durante a sessão na CCJ Moro chamou Rodrigo Tacla Durán de “Lavador de dinheiro profissional”.

Tacla Durán está foragido da Lava Jato residindo na Espanha, país onde chegou a ser preso por 70 dias, mas obteve a liberdades pelas autoridades espanholas.

Relacionados:  Lula critica prisão de Temer: "Ninguém pode ser preso sem o devido processo legal"

Agora, o advogado Sebastian Suarez, que defende Durán, afirmou que Sergio Moro poderá ser processado.

“Os crimes de injuria, calunia e difamação, praticados pelo ministro Sergio Moro durante audiência pública no Senado Federal transmitida em rede nacional deverão ser objeto de medidas judiciais”.

Relacionados:  Nos EUA, Bolsonaro e Sergio Moro visitam CIA

Com informação do UOL.