Programa Mais Médicos coloca Cuba em ‘lista negra’ de tráfico de pessoas

Cuba e Arábia Saudita foram incluídas pelos Estados Unidos em uma ‘lista negra’ de tráfico de pessoas.

O documento apresentado pelo governo americano aponta o Mais Médicos como uma das causas da inclusão de Cuba na lista.

“O governo cubano não tomou medidas contra o trabalho forçado em programas médicos estrangeiros, mesmo com denúncias persistentes de que funcionários do governo cubano ameaçavam e coagiam alguns dos participantes a permanecerem no programa”, aponta o relatório.

Com informação do MBLNews