Witzel, governador do Rio, fala em “mandar um míssil naquele local e explodir” traficantes

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, segue com os ideias de tolerância zero com o crime organizado.

“Se fosse com autorização da ONU, em outros lugares do mundo, nós tínhamos autorização para mandar um míssil naquele local e explodir aquelas pessoas”, se referindo aos traficantes que comandam morros e zonas onde o estado paralelo do tráfico age no estado.

Relacionados:  Witzel defende fim da visita íntima para presos: 'Tem que perder a liberdade sexual'

Com informação da Istoé.