Witzel, governador do Rio, fala em “mandar um míssil naquele local e explodir” traficantes

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, segue com os ideias de tolerância zero com o crime organizado.

“Se fosse com autorização da ONU, em outros lugares do mundo, nós tínhamos autorização para mandar um míssil naquele local e explodir aquelas pessoas”, se referindo aos traficantes que comandam morros e zonas onde o estado paralelo do tráfico age no estado.

Com informação da Istoé.

7 Comentários em Witzel, governador do Rio, fala em “mandar um míssil naquele local e explodir” traficantes

  1. É Witzel, você se elegeu dizendo que ia “abater” quem estivesse portando fuzil, e eu continuo vendo gente com fuzil na mão, mas não vi ninguém caindo.

  2. que tem que pedir autorização da ONU. dane-se esse lixo da ONU, tem que mandar um missil mesmo e mandar esses traficantes pro inferno onde é o lugar deles e ponto final.

  3. Parabéns Pavão Misterioso! Acabou com o Glenn, Lula, Jean Wyllis e David Miranda. Agora queremos:
    1. Glenn preso imediatamente por crime contra segurança nacional
    2. Mais um processo em cima do meliante cachaceiro como mandante do crime cometido por Glenn.
    3. Que o mandato de David Miranda seja caçado por compra de mandato.
    4. Que Jean Wylllis seja preso por venda de mandato de deputado federal!
    5. The Intercept tenha seu registro caçado e seja proibido de operar no Brasil.

  4. Esse é o pensamento de todo cidadão carioca honesto e não existe outra maneira de se combater esses traficantes e quem é contra é porque é bandido ou tem envolvimento com o tráfico de drogas, como o PSOLixo.

Deixe uma resposta