Moro, em nota, não reconhece autenticidade de diálogos vazados

Sergio Moro, o ministro da Justiça e um dos brasileiros mais queridos pelo povo, divulgou uma nota para afirmar aquilo que o Brasil já sabe.

“O Ministro da Justiça e Segurança Pública não reconhece a autenticidade e não comentará supostas mensagens de autoridades públicas colhidas por meio de invasão criminosa de hackers e que podem ter sido adulteradas e editadas. Reitera-se a necessidade de que o suposto material, obtido de maneira criminosa, seja apresentado a autoridade independente para que sua integridade seja certificada”.

Até o momento, muito se falou, mas nada se comprovou. Ao que parece, na esquerda só reina o desespero.