General Heleno dá lição em Lula: “Presidente desonesto tinha que tomar prisão perpétua”

Durante o café da manhã com o presidente Jair Bolsonaro, o General Augusto Heleno, que comanda o Gabinete de Segurança Institucional, comentou os recentes ataques de Lula, que direto da cadeia questionou a facada que o ex-PSOL Adélio Bispo desferiu em Bolsonaro.

Heleno foi enfático e certeiro, ensinando a Lula uma lição que não deverá ser esquecida tão cedo.

“Na minha opinião, sempre tive essa opinião, ela é minha, não é do presidente, presidente da República desonesto tinha que tomar uma prisão perpétua. Isso é um deboche com a sociedade. Presidente da República desonesto destrói o conceito do país. É o cúmulo ele ainda aventar a hipótese de a facada ser uma mentira”.

“E será que o câncer dele foi mentira? E o câncer da dona Dilma foi mentira? Isso é uma canalhice típica desse sujeito. Presidência da República é uma instituição quase sagrada. Eu tenho vergonha de um sujeito desse ter sido presidente da República”.

Com informação dO Antagonista.