“Contratar um hacker para violar o sigilo de autoridades revela o desespero do crime organizado contra a Operação Lava Jato”

O Procurador da República, Adriano Fernandes, foi enfático e resumiu todo o caso dos ataques falaciosos realizados por um site de extrema-esquerda contra a Operação Lava Jato com ajuda de criminosos.

Entendendo o caso:

O Site de extrema-esquerda “The Intercept” publicou supostas conversas particulares entre Moro, Dallagnol e outros procuradores da Operação Lava Jato. O Material obtido de forma ilícita ou completamente ficcional provaria supostas ligações indevidas entre o Ministério Público e a Justiça Eleitoral, o que é falacioso, já que o contato e diálogo entre as instituições é absolutamente normal e corriqueiro.