“É inadmissível que o ministro da Justiça tenha seu telefone pessoal invadido”

O presidente da AJUFE, Fernando Mendes, afirmou aO Antagonista que não é algo aceitável a invasão ao telefone pessoal de Sergio Moro.

“É inadmissível que magistrados federais e o próprio ministro da Justiça tenham seus telefones pessoais e profissionais invadidos por criminosos cibernéticos”, disse ele.

“É necessário e urgente apurar esses reiterados ataques à autoridades públicas e punir com rigor os culpados”.

Com informação dO Antagonista.