Comitê feminista expulsa advogada que aceitou defender Neymar

A advogada Maíra Fernandes, contratada para defender o jogador Neymar, foi expulsa da Cladem, Comitê da América Latina e do Caribe para a  Defesa dos Direitos da Mulher.

A informação de Ancelmo Gois ainda traz o fato de que a OAB protestou contra a decisão, argumentando que numa democracia todos têm o direito de se defender.

Maíra, em seu Facebook, afirmou ter lido os autos e se convencido de que é  uma “falsa acusação de estupro”. Ela também declarou que os advogados do jogador são “muito próximos da causa feminista”.

Com informação dO Antagonista.

3 Comentários em Comitê feminista expulsa advogada que aceitou defender Neymar

  1. Isso parece com a expressão “É a fome com a vontade de comer!”, literalmente. É um caso típico de “escolhas”, no caso má, de ambos os lados. Cada um atirou no que viu e acertou no que não viu!

  2. A única coisa errada pra mim nesse caso foi a advogada ter sido filiada a essa tal Cladem, que se não fosse esse caso parar no noticiário, ninguém jamais iria saber da sua insignificante existência. Espero que ela tenha aprendido. E parabéns para a advogada.

  3. coisas e coisas diferentes , e indenizaçoes inexistentes , isto por que sr perim nao foi com a sua mae tia irma filha a advogada defensora do moleque vai ganhar seus honorarios e por dinheiro a moça foi até Paris e deu no que deu ele nao comeu , ela nao deu ele colocou mais lenha na fogueira ao colocar na midia o corpo da Maria chuteira prostituta de luxo , se eu fosse jornalista experto em futebol o CAI CAI NUNCA MAIS IRIA SER CHADO DE MELHOR DO MUNDO , POR QUE ELE NAO É MESMO TREMEU DE MEDO DA ALEMANHA 7 A 1 , É UMA PENA QUE O VIDEO NAO FICOU NA MIDIA MOSTRANDO A CARA GOSTO DE VER MULHER PELADA

Deixe uma resposta