PF prende agentes e advogados suspeitos de vazar informações para irmã de Aécio

O Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira quatro pessoas. Todas elas são suspeitas de terem vazado informações sobre sobre operações da própria Polícia Federal.

Os presos, segundo o G1, são:

” Carlos Alberto Arges Júnior – advogado
Ildeu da Cunha Pereira — advogado e conselheiro nato do Cruzeiro
Marcio Antonio Camillozzi Marra – servidor da PF e conselheiro do Cruzeiro
Paulo de Oliveira Bessa – servidor da PF”

Relacionados:  Eduardo dispara: "Quando o parente de outro preso morrer ele também será escoltado pela PF para o enterro?

Todos são investigados por corrupção ativa, corrupção passiva, organização criminosa, obstrução de justiça e violação de sigilo funcional.

Além disso, Andréa Neves, irmã de Aécio, foi intimada a depor, e seu advogado, Sanzio Nogueira, teve o celular apreendido.

Relacionados:  PF rastreia pagamento de R$ 1,5 milhão da Odebrecht para deputado petista

Com informação do G1.