Lula soube com antecedência da opinião da PGR em favor de sua mudança para o semiaberto

O Globo informa que Lula já sabia, desde a semana passada, que a PGR concordaria em sua mudança para o regime semiaberto.

Os advogados Cristiano Zanin e Valeska Martins foram responsáveis por informar o petista no assunto, e a conversa aconteceu no mesmo dia em que a subprocuradora Áurea Pierre assinou o parecer favorável a Lula.

Relacionados:  Construídos por Lula e Dilma, estádios da Copa do Mundo serão investigados por suspeita de cartel

Segundo O Globo ainda, interlocutores teriam afirmado que Lula se mostrou satisfeito com a decisão, mas que ainda quer a absolvição.