Adélio diz que se sair da prisão vai “cumprir missão de matar Bolsonaro”

O ex-PSOL Adélio Bispo, autor do atentado que quase ceifou a vida de Jair Bolsonaro, afirmou que caso saia da prisão vai tentar “cumprir a missão de matar Bolsonaro”.

O motivo é que Bolsonaro faz parte de um “complô maçônico para conquistar as riquezas do Brasil”.

O ex-PSOL ainda pediu transferência do presídio onde está encarcerado atualmente. Em carta, ele afirmou que o pedido ocorre “em razão daquele prédio ter sido construído com características da arquitetura maçônica, além do local estar impregnado de energia satânica”.

Com informação da Exame.