Bolsonaro diz a caminhoneiros: “Se tiver arma de fogo, é para usar”

O presidente Jair Bolsonaro esteve nesta sexta-feira com caminhoneiros em Anápolis e incentivou a classe a dar entrada no pedido de porte de arma de fogo, informa a Folha.

“Quanto mais arma, mais segurança. Se tiver arma de fogo, é para usar” disse o presidente.

“No decreto [das armas], eu acabei com comprovar a efetiva necessidade. Por enquanto está um pouco caro aí, mas a gente vai diminuir isso aí. Mas já abriu as portas, dá entrada. Tem um tempo de dois ou três meses que eu botei no decreto para conceder o porte”, concluiu Jair, sabendo que os caminhoneiros são alvos contantes da bandidagem nas estradas brasileiras.

Com informação da Folha e dO Antagonista.